[ editar artigo]

Gol GTI 2.0 - Uma das grandes paixões dos amantes de automobilismo

Gol GTI 2.0 - Uma das grandes paixões dos amantes de automobilismo

O Gol GTI 2.0, umas das grandes paixões dos amantes de automobilismo, foi apresentado no Salão do Automóvel em 1988 como o primeiro carro modelo nacional a ser fabricado com injeção eletrônica multiponto, com seus incríveis 110Whp, um motor AP de 4 cilindros em linha com 2 litros de deslocamento e 2 válvulas por cilindro.

Leia também em: A história do motor AP - parte 1


Um esportivo de época que tinha seus competidores como o Kadett gsi, Uno 1.6R e 1.5R Turbo, Ford Escort xr3 e até mesmo seu próprio irmão gêmeo o Gol GTS com algumas diferenças como o motor de 1.8 litros, que era carburado e alguns detalhes no cabeçote como os tuchos que eram mecânicos e vinham com 14 hp a menos que o Gol GTI que já era tuchos hidráulicos.


Mas mesmo com essas diferenças o Gol GTS não passava vergonha diante do GTI, sua potência real era de 106 hp e não os 99 hp anunciados pela Volkswagen, pois eram estratégias de pagar menos imposto que subia para os carros com mais de 100 hp.

O GTI não era um carro muito acessível devido suas tecnologias para a época e suas exclusividades. Ainda assim, era mais barato que as versões mais top das linhas Opala e Quantum e o Escort XR3 conversível.

AP: o motor mais popular da Volkswagen nasceu na Mercedes-Benz - Quatro  Rodas

Leia também em: 5 DICAS PARA ESCOLHER UMA BOA OFICINA DE FUNILARIA E PINTURA

O motor AP também é muito usado na preparação para competições de arrancada e track day, entre outras muitas categorias. É um motor que tem várias “versões”: 1.6, 1.8, 2.0, cabeçotes 8 e 16 válvulas, os unilaterais, os fluxos cruzados e alguns updates que colocam cabeçotes 20 válvulas de Audi.

Auto Masters
4k garage011
4k garage011 Seguir

Uma marca destinada a compartilhamento de conteúdo informativo e entretenimento do meio automotivo. Serviços de manutenção preventiva e corretiva

Ler conteúdo completo
Indicados para você