[ editar artigo]

Mitos e Verdades Sobre Carros

Mitos e Verdades Sobre Carros

Aqui vão alguns assuntos, que por vezes são polêmicos, mas não deveriam ser. Os carros estão em constante evolução, e nem sempre uma prática do passado, faz sentido nos dias atuais.

 

Combustível aditivado deixa o motor mais potente: MITO

Tem quem diga que o carro fica mais potente quando abastece com combustível aditivado, mas nenhum fornecedor de combustível promete esse tipo de ganho. As principais vantagens do combustível aditivado, estão em manter a limpeza de todo sistema de admissão, evitando a formação de depósitos que causam carbonização. Com isso, o motor pode até ser mais eficiente, e certamente o custo de manutenção será menor, mas nada de ganhos de potência.

A nova geração de gasolina Petrobras Grid chegou com uma nova tecnologia. É a Tecno 3, promete elevar ainda mais os ganhos com limpeza, detergência, redução de atrito. Recomendada principalmente para motores com injeção direta de combustível, que são ainda mais suscetíveis a carbonização.


Calibrar pneus somente se estiverem frios: VERDADE 
 
Depois de rodar alguns quilômetros, os pneus aquecem e o ar dentro deles se expande, fazendo com que a pressão aumente.

Ao colocar o calibrador nessas condições, ele fará uma leitura errada da pressão, vai entender que tem mais ar do que realmente tem, e com isso os pneus ficarão com pressão incorreta.

Por isso, é recomendado que os pneus sejam calibrados quando ainda estiverem frios, ou seja, o mais breve possível desde que o carro é ligado. 
  
 
Não pode deixar o tanque chegar na reserva: MITO 
 
Ainda tem quem acredite que não pode deixar o combustível chegar na reserva, com os argumentos de que será aspirado depósitos de sujeira para o motor e a bomba de combustível pode superaquecer por não estar submersa no combustível. 

Quanto à questão da sujeira, isso não faz sentido, pois a aspiração é feita no fundo do tanque. Portanto, a sujeira sempre seria aspirada, estando o tanque cheio ou na reserva.

Em relação ao superaquecimento, é a passagem interna do combustível pela bomba que resfria essa peça, e não o fato de ela estar submersa. 
 

É bom ligar o ar condicionado para evitar problemas no sistema: VERDADE 
 
O sistema de ar condicionado não exige muita manutenção, a não ser eventuais limpezas.

O próprio gás, na teoria, não acaba; portanto, não exige recarga. Ou você recarrega o gás da sua geladeira? Mas basta ver o grande número de carros nos quais o ar condicionado não funciona para constatar que eles não são infalíveis.

A principal causa disso é a falta de uso, pois as mangueiras ressecam e permitem o vazamento do gás. Isso é tão verdadeiro que alguns fabricantes, no Manual do Proprietário, recomendam o uso do ar condicionado nem que seja durante 15 minutos por semana.

 

Descer em ponto morto economiza combustível: MITO 

Desde que os carros passaram a ter injeção eletrônica, deixou de fazer sentido colocar a transmissão no neutro (ou ponto morto) para economizar combustível. Na verdade, acaba acontecendo o oposto disso.  

Nesses motores com injeção eletrônica, o combustível para de ser injetado numa descida, quando o acelerador não é utilizado e uma marcha está engatada.

O próprio movimento das rodas faz com que o motor continue girando, sem a necessidade de uma gotinha qualquer de combustível.

Mas se desengatar a transmissão nessa mesma condição, o combustível volta a ser injetado, pois só assim para o moto continuar funcionando.

 

É preciso aquecer o motor antes de sair com o carro: MITO 
 
Motores antigos, principalmente quando abastecidos com álcool, tinham funcionamento irregular e maiores folgas entre as peças antes de entrarem na faixa de temperatura ideal.

Era preciso esperar o motor aquecer para poder usá-lo de forma plena, sem falhas ou danos. Mas isso ficou no passado, pois hoje em dia, o carro está sempre disposto para o que der e vier.

Minha única recomendação é que não abuse das altas rotações quando ainda estiver frio, em prol de maior durabilidade do motor.

 

Atravessar lombadas ou valetas na diagonal danifica a carroceria: MITO 
 
Os carros atuais, são bem mais rígidos que os do passado.

Até mesmo modelos de entrada atuais, tem estruturas mais fortes que alguns luxuosos do passado. Não é uma simples valeta ou lombada que vai danificar uma estrutura tão parruda quanto a carroceria de um carro.

O mesmo não posso dizer de carros que tem suas características alteradas, como carros com suspensão rebaixada. 
 

Carro flex abastecido com álcool, só rende 70% do que pode render com gasolina: MITO 
 
Esse número mágico caiu na boca do povo de maneira totalmente equivocada. Assim como cada pessoa lida de forma diferente com certos alimentos, cada motor tem um rendimento diferente com cada tipo de combustível, e esse número varia muito de carro para carro. 

Por exemplo: seu veículo pode consumir 50% mais de álcool em relação à gasolina, enquanto o do seu vizinho gasta apenas 15% a mais. 

Não podemos usar essa média de 70% para todos os automóveis. E é por isso que recomendo que você faça o teste no seu veículo. 

Encha o tanque com gasolina, meça o consumo e depois faça o mesmo com álcool.

Compare os números, descubra a relação do seu carro e aplique-a na hora de comparar com os preços e poder tomar a decisão certa de qual combustível será mais amigo do seu bolso. 

E você, conhece algum mito x verdade sobre carros? Conta aqui embaixo!

Até o próximo post! 

Auto Masters
Felipe Carvalho
Felipe Carvalho Seguir

Apaixonado por carros desde sempre, em 2012 decidi trabalhar com essa paixão. Hoje eu ajudo pessoas a perderem o medo de comprar carro usado, procurando e avaliando as melhores opções.

Ler conteúdo completo
Indicados para você