[ editar artigo]

Motores 1.0 TSI 3 cilindros são descartáveis? Bônus: 7 mitos e verdades dos motores turbo 3 cilindros!

Motores 1.0 TSI 3 cilindros são descartáveis? Bônus: 7 mitos e verdades dos motores turbo 3 cilindros!

 

O motor turbo é uma nova tendência de mercado. Menores e mais eficientes, eles estão cada dia mais presentes nas linhas de produção das montadoras. São desenvolvidos para durarem mais, no entanto, alguns dizem que eles são descartáveis, aqui vamos falar sobre o tema e desvendamos 7 mitos e verdades sobre estes motores!

Estes motores não aceitam retífica?

Muito se fala sobre a impossibilidade de retificar motores turbos, 3 cilindros originais de fábrica, como é o caso dos motores TSI da Volkswagen, apesar dos motores serem desenvolvidos para durarem por muitos e muitos quilômetros, já podemos ver casos desses motores sendo descartados pela impossibilidade de retificá-los.

A própria Volkswagen deixa muito claro que estes motores não permitem retífica, e orienta que eles sejam trocados parcialmente ou totalmente, caso aconteça algo neste sentido, eles afirmam que os cabeçotes, nesses casos, não têm sobrematerial suficiente para a execução de uma usinagem, caso isso ocorra, podem ficar estruturalmente comprometidos.

Mecânicos mais antigos, por muitas vezes se utilizavam de técnicas alternativas para resolver a falta de material após a retífica de motores, eles acabavam utilizando juntas mais grossas para compensar a altura dos cabeçotes, mas ainda assim, no caso dos motores TSI uma junta “sobremedida” não resolveria o problema, considerando que se retificados, terão comprometidos também a estrutura, como já citamos.

Então, o correto nestes casos é sempre seguir a orientação do fabricante, se precisar de retífica, oriente seu cliente a comprar um motor parcial novo!

Agora vamos aos mitos e verdade!

É necessário manter o motor pelo menos um minuto em marcha lenta antes de desligar o carro?

Este mito tem origem nos motores aspirados que depois eram turbinados por oficinas especializadas. Nos motores turbinados de fábrica, há uma refrigeração específica da turbina que dispensa esse cuidado.

2. Motor turbo exige óleo lubrificante especial e trocas mais frequentes?

Nos carros com motor turbo originais, a periodicidade da troca e o óleo lubrificante são os mesmos para motores aspirados. No entanto, vale conferir no manual as instruções específicas para o seu carro.

3. Motor turbinado dura menos que o aspirado?

Se o motor for turbinado de fábrica, sua durabilidade é a mesma de um motor aspirado. Isso porque o componente foi especificamente projetado para oferecer o turbo e o maior desempenho.

4. Consumo do motor turbo é maior?

Mantida a mesma exigência de desempenho, ou seja, pisando igual, o consumo de combustível do motor turbo é até menor. Mas, se o motorista acelerar muito mais que no carro movido a motor aspirado, a média de consumo poderá ser comprometida.

5. Manutenção do motor turbinado é mais cara?

A durabilidade do conjunto “motor turbina” não é afetada ou reduzida. Porém, no caso de um problema na turbina, haverá uma despesa extra.

6. O motor turbo prejudica os componentes da transmissão?

A transmissão do carro turbinado pela fábrica foi projetada para receber um torque maior. Portanto, não há prejuízos na durabilidade.

7. É mais difícil revender um carro com motor turbinado?

Se o dono do carro atendeu aos requisitos de manutenção, não há nenhuma dificuldade em comercializar um veículo com motor turbinado.

E aí, o que achou desta matéria? Agora você já sabe muito mais sobre motores turbo de fábrica, então não esquece o like e deixa aqui o seu comentário, você já sabia dessas informações?


Espero que estas dicas lhe sejam úteis!

Nos vemos em breve com mais dicas!

Texto por: Paula Mascari

Auto Masters
Paula Mascari
Paula Mascari Seguir

⚖️Advogada, mas larguei tudo para seguir meu sonho! 🚘Dona de um #voyageturbo que eu montei!

Ler conteúdo completo
Indicados para você