[ editar artigo]

Motores Modernos Pedem Combustíveis Modernos

Motores Modernos Pedem Combustíveis  Modernos

A grande maioria dos carros de passeio que são produzidos em todo o mundo, ainda preserva motores a combustão com o mesmo conceito básico de sempre. Mas muita coisa evoluiu ao longo das décadas, e apesar de continuarem com pistões que sobem e descem dentro de cilindros, são incomparavelmente mais eficientes, ou seja, gastam menos energia (combustível) e conseguem melhores desempenho (performance). 

Aqui no nosso país, duas tecnologias chamam nossa atenção nos últimos anos, e estão cada vez mais presentes em modelos mais simples. Estou falando de turbo e injeção direta, recursos que até pouco tempo atrás, estavam presentes somente em veículos mais caros, de luxo ou esportivos.

Enquanto o turbo manda mais ar para dentro do motor e aumenta instantaneamente o torque, a injeção direta manda o combustível diretamente para dentro da câmara de combustão, otimizando ainda mais a queima do mesmo. Considerando apenas motores exclusivamente a combustão, nada tem trazido melhores resultados para consumo, desempenho e emissões de poluentes, que a combinação de turbo e injeção direta.

Porém, com a popularização desses motores modernos, também começaram a surgir novos problemas nas oficinas mecânicas de todo o Brasil. Muitos desses problemas, estão ligados diretamente a escolha de combustíveis de baixa qualidade, que costumam entupir os bicos da injeção direta e carbonizar componentes internos. Os profissionais que trabalham nessas oficinas, são unânimes em dizer que motores modernos, exigem o uso de combustíveis modernos.

A Petrobras, que é reconhecida por ter a melhor gasolina do mercado, a Gasolina Podium, agora está numa nova geração, com uma nova tecnologia de aditivação.

Ela é, sem dúvidas, a melhor escolha para aqueles que se preocupam em preservar a limpeza interna do motor, diminuindo significativamente o custo com as manutenções, e que também desejam extrair o máximo de performance de seus carros. 

A linha Podium está um nível acima da linha aditivada, batizada de Grid pela Petrobras. Além de ter todas as boas características da Grid, tais como, maior detergência, redutor de atrito, maior proteção do motor e economia na manutenção de longo prazo, a Podium consegue entregar ainda mais desempenho ao motor que é abastecido com ela, já que tem maior octanagem (ROM 102 típico), proporcionando o máximo aproveitamento da potência do motor. 

É justamente isso que esses motores modernos querem, se alimentar bem para que suas vantagens tecnológicas sejam perceptíveis na dirigibilidade e no bolso. Motores modernos e a gasolina Petrobras Podium formam um casamento perfeito. 

Para os apaixonados por carros antigos, que preservam raridades dentro da garagem, a gasolina Petrobras Podium também é a mais indicada, por dois motivos: menor quantidade de etanol em sua composição, e melhor estabilidade. Sobre o primeiro ponto, é sempre bom lembrar que os motores de carros antigos, foram projetados numa época que a gasolina tinha menos etanol em sua composição.

Hoje, são 27% de etanol, mas a gasolina Petrobras Podium preserva a antiga proporção, de 25%, portanto atende melhor as exigências de motores antigos. Já sobre o segundo ponto, a melhor estabilidade significa que consegue manter suas características por um período maior de tempo, e como carros antigos costumam ficar longos períodos sem uso, é importante que o combustível que vai ficar parado no tanque, consiga manter suas características estáveis. 

Auto Masters
Felipe Carvalho
Felipe Carvalho Seguir

Apaixonado por carros desde sempre, em 2012 decidi trabalhar com essa paixão. Hoje eu ajudo pessoas a perderem o medo de comprar carro usado, procurando e avaliando as melhores opções.

Ler conteúdo completo
Indicados para você