[ editar artigo]

Portas de carro - Você conhece todos os tipos?

Portas de carro - Você conhece todos os tipos?

Na década de 80 entre os filmes que lotavam as salas de cinema estava um que se chamava “De Volta Para o Futuro”. Nele o ainda jovem ator Michael J. Fox viajava no tempo a bordo de um “Delorean” prateado. O filme fez um sucesso estrondoso, mas o que mais intrigava a garotada vidrada em automóveis eram as portas do carro apresentado no filme.

O “Delorean” trazia uma nova concepção em abertura de portas. Pois por incrível que parece já houve época em que os designers automotivos botavam a cabeça para pensar e colocavam no mercado novidades interessantes.

Então vamos viajar no tempo e conhecer os 10 tipos de portas de carros mais conhecidas da Indústria Automobilística.

1- Conventional Car Door

Este é o tipo de porta mais conhecido hoje em dia. Geralmente elas são fixadas na “coluna A” do carro e são articuladas a partir deste ponto. Isto permite as portas do carro abrirem para fora. São as mais utilizadas pois apresentam grande dificuldade de abertura com o carro em movimento (principalmente em alta velocidade). A resistência ao vento dificulta grandemente sua abertura garantindo a segurança dos ocupantes.

Vantagem: Segurança e facilidade de operação. Desvantagem: A abertura da porta em algumas situações de acidente pode ser arriscada.

2- Gullwing Door

Já que começamos o artigo falando sobre elas… vamos lá. Esta é também conhecida como “Falcon Wing Door” ou “Asa de Gaivota”. Foi apresentada pela primeira vez em 1939 por Jean Bugatti, filho do lendário Ettore Bugatti. Este modelo de abertura de porta ganhou destaque na década de 50 graças a Mercedes que a utilizou em alguns modelos. Mas sua popularidade ganhou destaque quando apareceu no filme mencionado no início do artigo equipando um Delorean DMC nos anos 80.

Vantagem: Muito uteis em áreas urbanas onde o espaço para estacionamento é pequeno. Precisam de pouco espaço para abertura e tem grande facilitação no processo de entrada e saída do carro. Desvantagem: Dificuldade de transformação em uma abertura convencional se houver necessidade.

3- Butterfly Door

Este tipo de porta também é articulada para cima como as Gullwing Door, no entanto sua fixação é na “coluna A” do veículo. Seu padrão em leque e em forma de borboleta facilitam muito a entrada e saída do veículo. Já foi muito utilizado em veículos da Ferrari e Alfa Romeo. Seu design é apropriado para carros de alto desempenho ou carros de competição de teto fechado.

Vantagem: Muito uteis em áreas urbanas onde o espaço para estacionamento é pequeno. Podem ser equipados com sistemas de abertura e fechamento automático das portas. Desvantagem: Dificuldade de saída do carro em caso de capotamento. Necessidade de garagem com altura compatível para abertura das portas.

4- Scissor Door

Também conhecidas como porta Lamborghini por ser utilizado no modelo Murcielago. Foi idealizada por Marcella Bertone em 1968 com o objetivo de equipar veículos da Alfa Romeo. Mas com o passar do tempo de tornou marca registrada da Lamborghini. São fixadas com dobradiças no canto superior da porta com a ajuda de uma junta de tesoura.

Vantagem: Muito uteis em áreas urbanas onde o espaço para estacionamento é pequeno. Podem ser facilmente convertidas em portas convencionais devido as dobradiças estarem na mesma posição. Risco mínimo de batida da porta no carro lateral no momento da abertura. Desvantagem: Custo elevado. Necessidade de garagem com altura compatível para abertura das portas. Em caso de acidente pode ser difícil sair do carro.

5- Suicide Door

A construção deste tipo de porta é invertida, desta forma se abre com o carro em movimento com muita facilidade. A resistência causada pelo vento torna este tipo de porta extremamente perigosa. Empresas como Opel e Rolls Royce utilizaram este tipo de porta durante um tempo em veículos de luxo. Isto porque a entrada e saída dos passageiros do banco de trás é grandemente facilitada.

Vantagem: Entrada e saída do veículo com grande facilidade devido ao espaço disponível. Desvantagem: Perigo de caída do passageiro para o lado de fora do carro quando este está em movimento. Quando ambas as portas são abertas e utilizadas conjuntamente pode haver um incomodo aos passageiros devido ao sentido de saída.

6- Swan Door

Este tipo de porta tem grande semelhança com o tipo convencional. A diferença básica é a posição das dobradiças. Elas são instaladas em posição mais alta e em ângulo para facilitar o acesso e saída do veículo. São utilizadas em veículos como o Jaguar C-X75 e Aston Martin.

Vantagem: Entrada e saída do veículo com facilidade. Insere elegância ao veículo. Desvantagem: Apresenta desconforto ao motorista no processo de fechamento.

7- Dihedral Door

Tem uma grande similaridade com as portas “Scissor Door”. A diferença básica está no modo de abertura. Ao se abrir elas giram 90 graus com a dobradiça. Equiparam carros como o Agera RS e Koenigsegg CCX.

Vantagem: Entrada e saída do veículo com facilidade. Desvantagem: Possibilidade de dano ao se estacionar próximo ao meio fio e alto custo de manutenção pois são fabricadas em fibra de carbono.

8- Front Hinged Door

Neste tipo de veículo só existe uma porta de acesso ao carro. O painel de instrumentos e o volante são articulados no momento da abertura da porta. Tanto o passageiro como o motorista utilizam o mesmo acesso. Alguns veículos que utilizam este tipo de porta dispõem de um teto solar para saída em caso de acidente. Foi muito popular no Brasil no veículo Romi Isetta.

Vantagem: Facilidade de estacionamento. Desvantagem: Dificuldade de saída do veículo em caso de estacionamento próximo ao veículo da frente.

9- Sliding Door

Este tipo de porta é muito comum em vans, veículos de transporte de cargas e em alguns ônibus. Além de possibilitar fácil acesso a passageiros, também é ideal para carregamento de cargas. Este tipo de porta é montada em um trilho deslizante na lateral do veículo e seu manuseio é extremamente fácil. Sua introdução no mercado se deu graças a um projeto da VW Alemanha.

Vantagem: Fácil acesso para passageiros e cargas. Facilidade de estacionamento e descarga em ruas estreitas. Desvantagem: Instalação de custo elevado.

10- Canopy Door

É o tipo de porta mais impopular do mercado. Seu projeto foi inspirado nos aviões caças. Devido a isto sua abertura é realizada para cima. Possui uma grande área envidraçada para facilitar a visualização do motorista durante a condução.

Vantagem: Visualização de 180 graus do motorista durante a condução. Desvantagem: Obrigatoriedade de ar condicionado devido ao projeto. Em caso de acidente a saída do carro só é possivel com a quebra do vidro. Entrada e saída do veículo é extremamente dificultosa.

https://engineeringlearn.com/

Texto: Marcelo Valério dos Santos

Auto Masters
Marcelo Valerio Dos Santos
Marcelo Valerio Dos Santos Seguir

Engenheiro Mecânico com especialização em Automobilística. Professor de Ensino Técnico e Universitário. Criador de Conteúdo Digital.

Ler conteúdo completo
Indicados para você