[ editar artigo]

Procurando um carro usado? Então se liga nessas dicas para fazer uma boa compra!

Procurando um carro usado? Então se liga nessas dicas para fazer uma boa compra!

 

Está pensando em trocar de carro ou comprar seu primeiro caso usado? Então se liga nessas 10 dicas importantes para você fazer uma boa compra!

1 – Verifique o motor

O estado do motor é muito importante na hora de escolher seu carro usado ou seminovo. Muitas vezes damos muito mais atenção a estética e aos itens opcionais do veículo, mas é muito importante

abrir o capô, ligar o veículo e verificar se o coração dele está batendo como deve.

Fumaça mais densa e com coloração escura, vazamentos de óleo nas juntas ou ruídos fora do comum lhe darão indícios de que o motor deste carro não se encontra em boas condições. Considere uma revisão total no motor para prevenir futuros incômodos ou levar um mecânico de confiança para olhar o carro junto com você.

Leia também: Confira 10 dicas de manutenção preventiva para seu carro neste período de home office!

2 – Verifique a embreagem

O conjunto motor e transmissão precisam estar em ordem para garantir o pleno funcionamento do veículo. O ideal é sempre dirigir o carro antes da compra, mas considere ao menos pisar no pedal da embreagem para verificar a regulagem. Se ela estiver muito dura, ou mole demais, provavelmente você terá problemas em um futuro próximo.

Em média o conjunto de embreagem deve ser vistoriado a cada 70 mil quilômetros.

3 – Preste atenção nos vidros

Uma das maiores preocupações na hora de comprar um carro usado ou seminovo é a de adquirir um carro recuperado de sinistro. Um truque simples e fácil para se livrar dessa roubada é verificar todos os vidros do carro. Por lei, todos os vidros devem ter a inscrição do número do chassi. Em uma olhada rápida você já pode identificar se algum dos vidros foi trocado e, com isso, descobrir que as condições do veículo já não são totalmente originais.

4 – Verifique a pintura

É importante ver o carro sempre de dia e de preferência na luz do sol, não se deixe enganar pelo aparente banho de loja, por aquela bela encerada na lataria. Dê uma volta completa no carro, procure por imperfeições na pintura, como diferença de tonalidade e textura. Dê atenção também ao alinhamento das portas, capô e porta-malas, elas vão te revelar possíveis trabalhos de recuperação.

Leia também: Velhinhos saudáveis

5 – Adesivos e borrachas

Outra dica importante na hora de verificar a lataria é dar uma olhada nas condições dos adesivos que ficam dentro das portas e capô, nos frisos, borrachas e aqueles indicadores da marca e do modelo do carro. Comparar esses itens dos dois lados do veículo pode lhe informar se houve algum tipo de reparo na lataria.

6 – Peça para levantar o carro

As condições da parte inferior do carro devem fazer parte da sua análise na hora da compra. Por isso, não fique com vergonha de pedir para levantar o carro e verificar o seu estado estrutural. Problemas na suspensão, ferrugem e até soldagens nas longarinas do veículo vão lhe indicar se houve alguma alteração nas configurações originais, como no caso de carros rebaixados ou em recuperação de batidas de maiores proporções.

– Confira o manual

Porque é tão importante buscar um carro usado que ainda tenha o manual?

O Manual do veículo não serve apenas para lhe ensinar o que fazer com cada item do carro, ele pode falar muito sobre o histórico de um carro usado ou seminovo. Os manuais normalmente têm algumas páginas reservadas para anotações sobre as revisões feitas na concessionária. Verifique se todos os selos estão preenchidos e se a revisões foram feitas na periodicidade correta.

8 – Dê atenção aos Pneus

Conferir as condições e o desgaste dos pneus pode te dar uma boa noção de como anda o estado de um carro, inclusive, em alguns casos, pelo estado dos pneus você consegue verificar quilometragens adulteradas, pneus muito gastos não condizem com quilometragens muito baixas. Desgaste desproporcional entre as bandas do pneu, e até mesmo entre o conjunto traseiro e dianteiro, podem denunciar problemas de alinhamento, equilíbrio de suspensão e balanceamento.

9– Peça um Laudo Cautelar completo

Hoje em dia existe a possibilidade de solicitar que o proprietário leve o carro até um local de vistorias, devidamente credenciado ao Detran, para fazer um Laudo Cautelar completo, onde o profissional consegue identificar diversos possíveis problemas no veículo, como, por exemplo, sinistros, passagens por leilão de diversas naturezas, excesso de massa na lataria do veículo, multas ou pendências documentais, entre outros. Claro que este laudo tem um custo, mas com certeza sairá muito mais barato do que os problemas que você poderá evitar através dele!

10 – Compra de Confiança

Por último, mas não menos importante, procure sempre profissionais de confiança, que possam lhe orientar na hora da compra, hoje existem profissionais especializados nesse tipo de vistoria, que também podem lhe orientar com toda a parte burocrática da compra. Um bom mecânico pode lhe ajudar a tirar algumas dúvidas e lhe livrar de dores de cabeça futuras.

Espero que estas dicas lhe sejam úteis!

Nos vemos em breve com mais dicas!

Texto escrito por: Paula Mascari

Auto Masters
Paula Mascari
Paula Mascari Seguir

⚖️Advogada, mas larguei tudo para seguir meu sonho! 🚘Dona de um #voyageturbo que eu montei!

Ler conteúdo completo
Indicados para você