[ editar artigo]

Saiba Como Descobrir A Relação Do Seu Diferencial Sem Ter Que Abri-lo!

Saiba Como Descobrir A Relação Do Seu Diferencial Sem Ter Que Abri-lo!

Aqui na Auto Masters você compartilha, ensina e aprende todos os dias! Eu me chamo Felipe, e no artigo de hoje você vai aprender 3 dicas que vão te ajudar a saber qual é a relação que está montada no diferencial do seu carro.

Vamos usar o diferencial do Chevrolet Opala como exemplo.

Ele possui 3 tipos de relação e são as seguintes: 3,54 de opala 4 cilindros, 3,07 de opala 6 cilindros e 2,73 também de opala 6 cilindros.

Então chega de conversa fiada e vamos as dicas:

1° Conferir plaqueta do diferencial.

Se você der sorte e a plaqueta de identificação do diferencial ainda estiver no lugar. Ela contem gravado qual relação aquele diferencial possui.

Exemplo em foto a seguir.

O problema dessa opção é que geralmente se trata de peças usadas, que muitas das vezes já foram abertas e tiveram a relação trocada. Por tanto não da para confiar muito nesse método. 



2° Dividir número de dentes da coroa pelo número de dentes do pinhão.
 

Acredito que essa opção seja a mais trabalhosa, porem assertiva também.

Você vai precisar retirar a tampa do diferencial, contar o número de dentes da coroa, contar o número de dentes do pinhão e em seguida dividir o número de dentes da coroa pelo número de dentes do pinhão.

Exemplo em foto a seguir. 

Esse calculo vai lhe entregar qual é a relação do seu diferencial. 

3° Dar duas voltas por completa na ponta de eixo e acompanhar quantas voltas o pinhão dará.

Essa na minha opinião é a forma mais pratica de você descobrir qual relação que o seu diferencial possui.

Desse modo o diferencial pode estar fora do carro, ou até mesmo instalado nele que não haverá problema.

E também não há necessidade de remover a tampa do diferencial, o que por sinal ocasionaria em uma troca de óleo obrigatória.

Caso o diferencial esteja instalado no carro você vai fazer o seguinte: 

- Erguer apenas uma roda traseira do chão.
- Demarcar a extremidade superior da roda.
- Demarcar a o eixo cardan em alinhamento com a extremidade inferior do diferencial.
- Em seguida peça para alguém dar duas voltas por completa devagar na roda e acompanhe quantas voltas a demarcação que você fez no cardan dará. Se a demarcação do cardan der 3 voltas e meia, a relação é uma 3,54 . Se ela der 3 voltas e avançar um pouco da demarcação, a relação é uma 3,07 . E se ela der quase 3 voltas, a relação é uma 2,73 .

Se o diferencial estiver fora do carro, basta seguir os mesmos passos.

Porém você irá demarcar a ponta de eixo na extremidade superior, e demarcar o  pinhão em alinhando com extremidade inferior do diferencial. 

Essas demarcações servem apenas para contar o número de voltas. Então basta determinar pontos fixos para não se perder na contagem.

Muito obrigado por ler até aqui. Espero que essas dicas tenha lhe ajudado!

E então: você você já utilizou um desses 3 métodos ou vai utilizar?

Até a próxima!

Auto Masters
Ler conteúdo completo
Indicados para você