[ editar artigo]

Sabia Que O Superaquecimento Do Motor Pode Danificar Mais Coisa Do Que Se Imagina?

Sabia Que O Superaquecimento Do Motor Pode Danificar Mais Coisa Do Que Se Imagina?

 O superaquecimento do carro ocorre quando o motor do carro passa da temperatura ideal de funcionamento, causando uma dilatação térmica do material, por conta de um vazamento, uma válvula termostática travada ou algum outro defeito no sistema de arrefecimento.


O motor deve trabalhar numa temperatura ideal, que normalmente é em torno de 95 graus, variando de uma montadora para outra, para ter uma queima de combustível efetiva, uma boa economia de combustível, uma fluidez eficaz do óleo auxiliando na limpeza interna do motor e diminuindo assim a emissão de poluentes na atmosfera.


A maioria das pessoas fica preocupada, quando o carro superaquece, com a queima da junta do cabeçote, mas esse é apenas um dos problemas que podem acontecer, além da queima da junta do cabeçote pode ocorrer a falta de lubrificação do motor, muitas vezes quando o carro superaquece ele começa a piscar a luz de óleo, pois o óleo, que tem como principal função de lubrificar o motor, perde essa função quando alcança certa temperatura.


E com isso pode afetar as bronzinas, danificar o eixo do comando, estragar anéis, danificar camisa e pistão e o carro começar a apresentar barulhos de atrito no motor, queima de óleo.


Alguns carros não têm ponteiro de temperatura, e por isso o dono não percebe o superaquecimento, percebendo apenas que o carro tem algum problema quando a luz do alerta de temperatura acende ou a luz de óleo acende ou fica piscando.


Outra coisa que pode ocorrer, além do empenamento do cabeçote quando queima a junta, é o empenamento da face superior do bloco do motor, que quando isso ocorre deve ser feita a plaina em ambas as partes, principalmente em blocos de alumínio.


Lembrando que em alguns carros mais modernos a plaina do bloco do motor ou do cabeçote não é opcional devido à grande taxa de compressão.


Outras coisas que podem ser danificadas com o superaquecimento é a bomba d’água, principalmente quando o rotor é de plástico, a válvula termostática, pois sua cera expansiva, que faz a válvula abrir e fechar pode sair da cápsula e estragar a peça, além da dilatação das mangueiras e do radiador.


Sempre que acontecer um superaquecimento, mesmo a junta do cabeçote não queime, deve-se trocar o óleo do motor, pois como explicado anteriormente suas propriedades de lubrificação podem ter sido danificadas e não fazer a lubrificação corretamente.


Tudo isso deve ser levado em conta quando for passado um orçamento para o cliente, quantas vezes já não ouvimos na oficina “Fiz o cabeçote do meu carro e agora ele está queimando óleo!”


Por isso sempre conversar com o cliente, sobre os possíveis defeitos que o carro pode apresentar deixá-lo ciente do que pode ter sido afetado no carro, fazer um diagnóstico bem feito, usando sempre as ferramentas disponíveis para um bom diagnóstico como teste de vazão e pressão, scanners e demais ferramentas a disposição para um diagnóstico preciso.

E você, tem alguma dica importante para nos passar?

TAGS

Mecanica

Auto Masters
DR Auto Mecânica
DR Auto Mecânica Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você